Home |CDOF Responde | Cadastro de Usuários | Cadastro de Consultores|


 

Sex, 18/1/13 18:55

PERGUNTAS E RESPOSTAS ANTERIORES AO CDOF RESPONDE
CONSULTORIA GRATUITA CDOF

Obs: para procurar pelo tema utilize o sistema de busca

752. Cursos de arbitragem- 2/11/03
Moro aqui no nordeste ,mais precisamente em natal. Eu gosto de futebol, porém prefiro apitar do que jogar e fico indignada ao ver um juiz errando...Vocês poderiam me dizer como e onde fazer cursos de arbitragem por aqui? Pode ser de futebol e futsal, eu gostaria muito de realizar meu sonho e me consagrar com um trabalho bem feito... Desde já obrigada! Isabel
Olá Isabel, sua pergunta recebeu a atenção do Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo):
   Isabel. Fico muito feliz em ver que você é uma pessoa decidida e procura correr atrás de seus objetivos, continue sempre assim.
   Com relação aos cursos de arbitragem, você deverá procurar na Federação de Futebol do seu Estado. Normalmente, é a federação que promove os cursos oficiais ou indica instituições responsáveis pelos mesmos. Provavelmente, a sede da Federação de Futebol do Rio Grande do Norte deve ser aí mesmo em Natal. Boa sorte, Fabio.

753. Dieta para jogadores de futebol- 2/11/03
1) No clube em que trabalho, faço o treinamento físico da equipe pré-mirim, faço a manutenção da resistência aeróbica, e tb trabalho velocidade, flexibilidade etc... Porém, meus atletas não têm um acompanhamento nutricional, e isto vem prejudicando meu trabalho, Por isso estou com vontade de desenvolver um cardápio com amplas opções para todos os níveis financeiros. Gostaria de sugestões ou qualquer outro tipo de ajuda para conseguir realizar este objetivo. Muito Obrigado!!!!!!! Luis Guilherme
2) Olá, gostaria que fosse abordado temas que relacionem os assuntos: futebol e nutrição. Se possível me mandem sites que eu poderia encontrar. Ydinara
Olá Luis, vamos ver o que o Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo) lhe aconselha:
   Prezado Luis Guilherme, Entendo a sua preocupação e necessidade, concordo com você que a nutrição inadequada vai atrapalhar o seu treinamento. Acho que é importante você se preocupar com isso. É fundamental você saber que se passar aos atletas uma dieta, em primeiro lugar estará entrando na área de outro profissional e, sabemos que os professores de educação física podem orientar sobre alimentação, mas não devem preparar cardápios. Estabelecer uma dieta é muito complicado, acho que você deveria orientar seus atletas a comerem determinados alimentos e evitarem outros, mas não estipular a dieta. Você deveria procurar, informalmente, uma nutricionista. Pedir alguns conselhos etc. Estou descrevendo a seguir uma série de referências que poderão lhe ajudar e também a Ydinara.

Fisiologia, Treinamento e Nutrição Aplicados ao Futebol. Marcelo Saldanha Aoki. Jundiaí: Fontoura, abr. 2002
Sites que abordam Nutrição no Futebol:
www.nutricaoempauta.com.br/novo/49/entrevista2.html
www.rgnutri.com.br
www.nutrinews.com.br/edicoes/Mat03Ed186NutricEsport.html
www.cdof.com.br/nutricao1.htm

Com relação a sua sugestão de artigo Luis, está anotada, mas veja nossos artigos, você encontrará muitas informações para a sua função. Um abraço, Fabio.

Leia também: Como deveria ser a alimentação do atleta de futebol de campo

754. Torneios no Brasil e no exterior de Futebol- 2/11/03
Caro profº, sou radialista, repórter esportivo da Rádio Rio Mar, e minha pergunta é a respeito de Torneios no Brasil e no Exterior de futebol de base masculino. Caso o Sr. tenha conhecimento pode me informar os que tem conhecimento e o contato para ser realizado. Amarildo Azevedo da Silva.
Olá Amarildo, o Prof. Fabio (currículo) retornou veja:
   Caro Amarildo. Você poderá encontrar inúmeros campeonatos de futebol para as categorias de base, principalmente aqui nas regiões sudeste e sul. Relaciono alguns deles e onde encontrá-los:
Campeonato Paulista sub-15, sub-17 e sub-20 (www.fpf.org.br)
Supercopa CompreBem sub-88 e sub-90 (www.superbola.com.br)
Fox Kids Cup (www.foxkids.com.br/copafoxkids)
http://www.campeonatosjuveniles.com
http://www.usacup.com
http://www.aefemg.com.br
http://www.aagsp.com.br/eventos.htm
Campeonato Bahiano sub-15 e sub-17 (www.fpf.org.br)


755. Músculos dos membros inferiores trabalhados no futebol- 2/11/03
Gostaria de obter informações de quais são os músculos dos membros inferiores trabalhados no futebol e quais exercícios utilizados para o aperfeçoamento das musculaturas envolvidas!? Felipe Gutierrez
Oi Felipe, o Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo) gentilmente lhe retorna o seguinte:
   Felipe, o futebol exige de praticamente todos os músculos dos membros inferiores. Ações como correr, saltar, chutar etc. Os músculos mais importantes são: Parte anterior da coxa – quadríceps (reto femural, vasto lateral, vasto medial, vasto intermédio), adutores, sartório, íliopsoas; Parte posterior da coxa – semimembranoso, semitendinoso, bíceps femural; Perna – gastrocnêmios (panturrilha), tibial anterior; existem ainda outros músculos menores. Além desses são importantes também os músculos do abdômen e quadril.
   Quanto ao treinamento dos músculos envolvidos nas ações do futebol, existem inúmeros exercícios, que seria impossível enumerá-los e descrevê-los aqui. Você pode treinar tanto no campo, como na academia. O campo é mais indicado, pois as atividades são mais próximas ao que acontece no jogo.
Abaixo relaciono uma série de referências que poderão lhe ajudar no treinamento desses músculos:

1) DÂNGELO, J.G.; FATTINI, C.A. Anatomia Humana Sistêmica e Segmentar: para o estudante de medicina. 2. ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1988.
2) Complete Conditioning for Soccer. Sigi Schmid e Bob Alejo. Champaign: Human Kinetics, 2002.
3) Futebol Total. Jürgen Weineck. Guarulhos: Phorte, 2000.
4) www.futebolcia.net/reportagens/super_atletas.htm

756. A agilidade pode influênciar na eficiência da marcação? - 2/11/03
Como e até onde a agilidade pode influênciar na eficiência da marcação? Luizinho
Oi Luizinho, o Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo) lhe informa o seguinte:
   Luizinho, A agilidade, assim como a velocidade e a potência são capacidades físicas fundamentais para um jogador de futebol, independentemente da posição que atue. Mais especificamente para a marcação, essas capacidades citadas são importantes. O atleta ao efetuar uma marcação deve ter agilidade, velocidade e potência para tentar impedir o drible do adversário. Então um atleta que desenvolva essas capacidades será um bom marcador? Não necessariamente. Existe também um componente técnico na marcação, ou seja, existe uma técnica, um modo de marcar. O atleta deve saber como se portar diante de um adversário e, em muitos casos, deve antecipar seu movimento, para isso ele necessita dessa técnica.
   Para concluir, afirmo que para uma boa marcação ser realizada, é necessário esse conjunto de fatores: agilidade, velocidade, potência e técnica de marcação. Espero ter ajudado. Boa sorte, Fabio.


757. A agressão no futebol- 2/11/03
Por favor, gostaria de receber informações ou referências bibliográficas a respeito da agressão no futebol. Renata Dias
Olá Renata, o Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo) gentilmente, lhe retorna o seguinte:
   Renata. Que tipo de agressão você estaria se referindo? De jogadores, torcidas? Estou enviando algumas referências sobre agressão, que são variadas, espero que ajude.
1) Cidade do Futebol
2)www.estado.estadao.com.br/editorias/02/06/23/aberto002.html
3) CUNHA, F. A. Violência das torcidas organizadas no futebol. Monografia (Graduação). Escola de Educação Física e esporte, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.
4) http://chip.cchla.ufpb.br/~caos/01-perrusi.html
5) http://www.novaguarda.pt/060601/b_fut3.htm
6) www.efdeportes.com
7) http://www.contrapie.com/portada.asp?idioma=3
8) http://www.efdeportes.com/efd47/carrinh.htm
9) http://www.ceppe.com.br/academico/txt_joao/artigos/estadio_campo.htm
10) http://www.rafaelporcari.hpg.ig.com.br/
11) A agressão no esporte. BERNARDO NETO, Pascoal. Dissertação (Mestrado), PUC, São Paulo, 1992.


758. Psicologia esportiva e o futebol- 2/11/03
Estou fazendo a minha monografia em futebol e psicologia e gostaria de saber qual a importância que a concentração, emoções, liderança, motivação e personalidade pode fornecer ao atleta de futebol? Jorge Borges De Menezes Filho
Oi Jorge, você recebeu a atenção do Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo) que gentilmente, lhe retorna o seguinte:
   Caro Jorge, Essas características psicológias e emocionais são de fundamental importância para esportes de rendimento. Hoje o treinamento psicológico e mental é tão importante quanto o físico, técnico e tático.
   Procure referências em língua estrangeira também, dará mais crédito ao seu trabalho. A psicologia esportiva não é a minha área específica, mas envio a você algumas referências que poderão lhe ajudar muito. Boa sorte no trabalho.
1) SUZY FLEURY. Competência Emocional. São Paulo: Gente, 1998.
2) http://www.ceppe.com.br
3) http://www.existencialismo.org.br/jornalexistencial/renatafuteboljoao.htm
4) http://www.efdeportes.com/efd65/social.htm
5) http://www.esportepsi.hpg.ig.com.br/
6) http://crpsp.org.br/a_acerv/jornal_crp/120/frames/fr_livros.htm
7) Manual do Treinamento Psicológico para o Esporte - Benno Becker Jr; Dietmar Samulski.


759. Treinamento da resistência aeróbia no Futebol- 2/11/03
Gostaria que me ajudassem na minha monografia que é sobre "O TREINAMENTO IDEAL DA RESISTÊNCIA AERÓBIA NA PRÉ-TEMPORADA DO FUTEBOL" , desde já agradeço, Um abraço. Samuel
Oi Samuel, vamos ver o que o Prof. Ms. Fabio Aires da Cunha(currículo) indica pra você:
   Samuel. Estou citando algumas regferências que poderão lhe ajudar. Procure artigos internacionais para enriquecer o seu trabalho.
1) www.efdeportes.com
2) Aspectos Fisiológicos de la Preparación Física del Futbolista. Carmelo Bosco. 2.ed. Barcelona: Paidotribo, 1994.
3) Complete Conditioning for Soccer. Sigi Schmid e Bob Alejo. Champaign: Human Kinetics, 2002.
4) La Preparación del Futbolista. M.A. Godik e A.V. Popov. 2. ed. Barcelona: Paidotribo, 1999.
5) Futebol Total. Jürgen Weineck. Guarulhos: Phorte, 2000.
6) Treinamento Físico. Valdir José Barbanti. CLR, 1996.
7) Revista Paulista de Educação Física.
8) Motriz.
9) www.entrenadores.info
10) http://www.vetorial.net/~coriolis/renancur.html
11) www.saudeemmovimento.com.br
12) www.acsm.org
13) http://www.sportspecific.com
14) Periodização do treinamento desportivo. Tudor Bompa, 2002.

760. Montando uma empresa de Treinamento Personalizado- 2/11/03
Estou interessado em montar uma empresa para prestar serviços de personal, o que vou precisar para iniciar meu negócio? De onde devo partir e quais são as possibilidades de meu negócio dar certo? João José Alves Neto
Oi João, você recebeu a atenção do Coordenador de da sessão de Personal Prof. Esp. José Ernane dos Santos Júnior (currículo).
   Olá João José Alves, espero que esteja tudo bem contigo! Veja bem João, pra que você possa iniciar seu negócio é necessário que você tenha um lugar adequado seu e/ou uma academia de ginástica que tenha algum vínculo para que desenvolva seu trabalho.
   Caso você prefira trabalhar em alguma academia acho necessário se ter uma pasta contendo seus dados, horários de atendimento, números de pessoas que serão atendidas durante os horários de treinamento, valores de preços Ex; 2x, 3x, 4x e/ou 5x por semana, materiais p/ avaliação física, treinamento neuromusculares, um Palm Top para guardar as informações sobre os clientes.
   Acho que com esses materiais já dará subsídios para iniciar um trabalho de bom volume. Concordo sempre que devemos partir sempre pelo local onde iremos desenvolver nossos trabalhos, conhecendo um pouco as pessoas, o ambiente e principalmente o nosso marketing pessoal, pois a impressão é a primeira que fica, deve-se adquirir um fardamento padrão com a sua logomarca tipo calça, camisa pólo, todos bordados com sua marca registrada, cartões de visita, cartões postais para que possa largar em lugares movimentados, ou seja, fazer com que a população conheça sua marca e automaticamente conheça você e o seu trabalho.
   A possibilidade de dar certo depende exclusivamente de você, do seu trabalho, postura e recursos didáticos e materias que os façam se destacar perante aos outros.
   Eu particularmente trabalho em diversas academias aqui em salvador-Ba, e até o presente momento não tenho nada que me queixar sobre o desenvolvimento do meu trabalho como personal, sempre estou fazendo eventos diversos para que possa divulgar minha marca e a cada dia consigo um novo cliente.
   Espero que minhas sugestões sejam boas, qualque outra dúvida me mande outra resposta que responderei com maior carinho. Obrigado! Prof. Esp. José Ernane dos Santos Júnior

761. Recreação e dinâmicas para terceira idade- 2/11/03
ESTOU COORDENANDO UM GRUPO DE TERCEIRA IDADE JUNTO COM OUTRA PESSOA E GOSTARIA DE OBTER ALGUMAS DINÂMICAS DIRECIONADAS PARA ESTE PÚBLICO, RESSALTANDO QUE O GRUPO É RELATIVAMENTE GRANDE - APROXIMADAMENTE 100 PESSOAS. OUTRA DICA QUE GOSTARIA DE OBTER É SOBRE RECREAÇÃO EM ÔNIBUS PARA ESTE MESMO PÚBLICO. A VIAGEM ACONTECERÁ AINDA ESTE MÊS PARA CACONDE - PARA JOGOS REGIONAIS E OUTRA VIAGEM EM SETEMBRO PARA HOLAMBRA. HÁ LIVROS DE DINÂMICAS ESPECÍFICOS PARA ESSAS OCASIÕES? AGUARDO RESPOSTA. OBRIGADA. Bartira Demarchi
Olá Bartira, infelizmente não conseguimos responder a tempo, mas mesmo assim o Prof. Walmor João da Luz Júnior(currículo), lhe retorna, gentilmente, o seguinte:
Cara Bartira Damarchi, Eu recomendarei alguns livros que você poderá estar consultando para organizar as atividades dos idosos:
1) Recreação na Terceira Idade, Autor: Raul C. Lorda - Editora Sprint
2) Trabalhando recreação, Autor Vinicus Cavalari Editora - Icone
3) Dinâmicas de grupo, Autor Neliana Buzzi Figlie editora - Rocca

Espero ter colaborado com a sua pergunta. Prof. Walmor
Leia também:
Recreação em Ônibus
A recreação na terceira idade

762. Teste de 1000m x Teste de Cooper- 2/11/03
Gostaria de saber, porque no teste de 1000metros o resultado do VO2Max é maior do que o resultado no teste de Cooper ou 12 minutos? Franciele Dresch
Oi Franciele, veja o que o Prof. Roberto Costa (currículo) lhe responde:
   Por que são testes de estimativa e não de medida do VO2máx, então normalmente apresentam margens de erro diferentes e resultados diferentes.

763. Testes de Flexibilidade para nadadores- 2/11/03
Primeiramente gostaria de parabenizá-los pelo Site e pedir informações sobre testes de flexibilidade para nadadores e se possível pra que esses fossem passados por E-mail.Desde já agradeço. Fabrício Borges Lins
Olá Fabrício, em atenção a sua questão o Prof. Roberto Costa (currículo), gentilmente retornou o seguinte:
   Sugiro que você entre no site da Sanny (www.sanny.com.br) e faça download do manual do Flexímetro, que apresenta a forma de medir várias articulações, além de valores normativos para atletas de diferentes modalidades. O manual foi escrito pela Profa. Ms, Gisele Monteiro, que é especialista na área. Roberto Costa

Leia ainda:
Melhor teste de Flexibilidade

764. Avaliação Postural - 2/11/03
Eu gostaria de saber mais sobre o assunto de avaliação postural, pois estou fazendo minha monografia de graduação sobre ela. Quais seriam as bibliografias que me recomendariam? MÁRCIO RIEDNER
Olá Márcio, sua questão recebeu uma SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS do Prof. Roberto Costa (currículo ), veja:
Uma boa sugestão é dar uma olhada no livro: Posturologia, de Bernard Bricot, editora Ícone. Roberto Costa

765. Leitura do ponteiro do plicômetro- 2/11/03
Estou iniciando o curso de Educação Física e gostaria de saber como é feita a leitura do(s) ponteiro(s)no compasso de dobras da marca Cescorf. Obrigado. Robson Costa
Olá Robson, em atenção a sua questão o Prof. Roberto Costa (currículo ), gentilmente retornou o seguinte:
   A leitura do cescorf é igual a do Sanny, então um boa dica é entrar no site da Sanny (www.sanny.com.br), que dispõe de uma rotina e flash para ensinar e treinar a leitura do relógio comparador. Roberto Costa

766. Quais capacidades são avaliadas para o objetivo saúde ?- 2/11/03
Tenho uma pesquisa e gostaria de saber o seria avaliado em um aluno que tem como objetivo a saúde? E porque avaliaríamos essas capacidades? Qual a relação com a saúde? Leandro Melo
Olá Leandro, em atenção a sua questão o Prof. Roberto Costa (currículo ), lhe retornou o seguinte:
   As variáveis mais comumente utilizadas para avaliar aptidão física relacionada à saúde são: composição corporal, flexibilidade, força e resistência muscular e potência aeróbia (VO2máx.). Uma boa literatura a respeito é o livro:
Medida e Avaliação em Educação Física e Esporte, de Kathleen Tritschler, Editora Manole, 2003. Roberto Costa

767. Perigos de se ter um % de gordura abaixo do esperado - 2/11/03
Quais os perigos de se ter um % de gordura abaixo do esperado para a idade? Lucas Lago
Oi Lucas, o Prof. Roberto Costa (currículo ), responde o seguinte para você:
   Tanto para homens quanto para mulheres, quantidades excessivamente baixas de gordura podem levar a dificuldade de absorção de vitaminas liposolúveis, depressão do sistema imune, entre outros problemas, além disso, em mulheres, pode levar a amenorréia e consequente redução no conteúdo mineral ósseo. Roberto Costa

Leia mais:
Distúrbios Alimentares - Bulimia e Anorexia Nervosa
Avaliação Física (Material do Gallo)

768. Protocolos de composição corporal diferentes x diferenças no resultado- 2/11/03
Olá caros amigos da CDOF, gostaria de saber se existe diferença significativa nos resultados da composição corporal de um mesmo avaliado, se utilizarmos diferentes protocolos de avaliação. E em caso de haver qual o protocolo mais indicado? Fábio Teciano Hassegawa
Oi Fábio, o Prof. Roberto Costa (currículo ), lhe retorna o seguinte :
   Para cada equação preditiva que você utilizar, encontrará um resultado diferente, pois são técnicas de estimativa com diferentes margens de erro. A mais adequada, teoricamente, é aquela que já foi validada para sujeitos semelhantes aos que você irá avaliar. Roberto Costa

769. Avaliação para a Ginástica Localizada- 2/11/03
Olá, eu trabalho em um clube de campo como instrutora de ginástica localizada, e gostaria de saber quais seriam os testes de avaliação física que eu poderia fazer com as minhas alunas, sabendo que não disponho de instrumentos específicos. Algumas alunas são como "turistas" nas aulas, e não apresentam um bom rendimento, mesmo assim devo fazer uma ficha delas? Agradeço desde já a atenção. Andréia Cristina de Oliveira
Oi Andréia, veja o retorno do Prof. Roberto Costa (currículo ):
Não se deve prescrever exercícios sem uma avaliação prévia. Uma boa literatura a respeito é o livro: Medida e Avaliação em Educação Física e Esporte, de Kathleen Tritschler, Editora Manole, 2003.

770. Avaliação nutricional para atletas de natação- 2/11/03
Gostaria que vocês me ajudassem fazendo indicações de algum material literário sobre avaliação nutricional em atletas de natação. O que vocês puderem me indicar está ótimo, pois farei meu trabalho de conclusão de curso sobre este assunto e estou sentindo dificuldades em encontrar este tipo de material (principalmente valores de referência sobre percentual de gordura). Muito obrigada. Flávia Amaral
Oi Flávia, sua questão recebeu uma SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS do Prof. Roberto Costa (currículo ), veja:
Uma boa referência é o livro:


Nutrição Esportiva - Uma visão prática, de Márcia Daskal e Juliana Ribeiro, Editora Manole, 2002.

Leia mais:
Alimentação adequada para atletas ao longo do dia
Como deveria ser a alimentação do atleta de futebol de campo
Dieta para jogadores de futebol

771. Prescrição de exercícios para HIV - Soro positivo - 5/11/03
Como trabalhar Educação Física Escolar, no 1º ciclo do Ensino Fundamental, com Soro Positivo Assintomático? Até onde pode ir seu esforço? Posso trabalhar com ele, como com outras crianças de sua faixa etária? Antonio Tadeu
Olá Antônio, quem lhe responde é o Consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo), veja o que ele diz:
Prezado Professor!
   Segundo Phair J.D. 1990 a doença pode ser dividida em três estágios: no primeiro o vírus se encontra em estado latente. Esse estágio pode durar dez anos ou mais e a pessoa normalmente é assintomática. Febre intermitente, fadiga, perda de peso e diarréias passageiras são alguns sintomas que podem identificar a segunda fase da doença. As
defesas começam a enfraquecer. O sujeito ainda é fisicamente apto para a prática esportiva que é fundamental na preservação da auto-estima.
   No terceiro estágio as células de defesas encontram-se bastante comprometidas deixando o corpo vulnerável a infecções diversas.
   A intensidade moderada do exercício é diferente em cada estágio e apresenta bons resultados no desenvolvimento da força, resistência vascular e flexibilidade. Foi a conclusão de estudos bem conduzidos na Alemanha e EUA.
   O Professor Vitor Agnew Lima, acompanhou durante 24 semanas 8 voluntários portadores do vírus do sexo masculino no Rio de Janeiro e chegou aos seguintes resultados: houve uma melhora bastante significativa no sistema cardiovascular, na flexibilidade, na resposta neuromuscular e na mais evidente que foi a psicológica. O professor Vítor lembra que, como uma das conseqüências da doença é a perda de massa magra, já é bem aceito os exercícios visando desenvolvimento da força com repetições de 8 a 12 com sobrecarga variando de acordo com o estágio da doença. Assintomáticos, até três séries. Fases III e IV, de uma a duas séries conforme assimilação do aluno. Quanto aos exercícios aeróbios, para o primeiro estágio pode ficar na faixa de 30 a 45 minutos a 80% da Freqüência Cardíaca Máxima, três vezes por semana. Estágio II a IV em torno de 30 minutos de 60 a 70% da FCM três vezes por semana.
   Como a transmissão do HIV ocorre basicamente através do contato sexual íntimo, inoculação sangüínea e mãe para o feto, o perigo reside nas modalidades onde haja contato físico com possibilidades de cortes. É o caso do basquete, futebol, handebol, as lutas e as artes marciais. O sangue é a maior fonte de concentração do vírus que nunca foi isolado no suor e sua concentração é baixíssima na saliva. Não existe pelo menos até agora registro de transmissão pela saliva ou pelo suor. A pele intacta pode ser uma barreira eficaz contra o HIV. Claro, na corrida, no ciclismo, na natação o risco é ainda muito baixo. Qualquer local, inclusive o esportivo deve seguir as regras de higiene, limpeza e cobertura de lesões na pele e controle do sangramento.
   Portanto, o portador do vírus deve ter uma vida o mais próximo possível do normal. A única preocupação sua e da equipe deve estar focada nos acidentes casuais com relação aos cortes com sangramento. Dê uma olhada
em: http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3675&ReturnCatID=59

Um grande abraço . Luiz Carlos de Moraes CREF1 RJ 3529

 

 

|::::  Cooperativa do Fitness - Todos os direitos reservados - BH - MG - Na internet desde 05/12/1999 ::::|