Home |CDOF Responde | Cadastro de Usuários | Cadastro de Consultores|


 

Ter, 6/1/09 15:48

PERGUNTAS E RESPOSTAS ANTERIORES AO CDOF RESPONDE
CONSULTORIA GRATUITA CDOF

Obs: para procurar pelo tema utilize o sistema de busca

2301. Ginástica para anões- 04/04/2006
Vocês têm algo sobre ginástica para anões? Porque sei que a composição osteomuscular é diferente dos normais. Frederico soares camargo
Oi Frederico, você recebeu um retorno de nossa cara consultora Profa.Esp. Melina Branco Barbosa Corrêa(currículo):
    Caro Frederico, defina este grupo de alunos como alunos especiais. Este tipo de grupo tem que se incluir ao contexto social e esportivo. O esporte inclusivo tem práticas para portadores de Nanismo. Você deve estudar a atividade motora adaptada para programar sua aula de ginástica que deve ser bem fundamentado. No Atlas do esporte tem 4 capítulos dedicados a inclusão social, que é um tema que vai te preparar para criar sua metodologia de trabalho. O estudo da constituição física do Anão é muito importante mas não tenho nenhuma indicação de bibliografia para este assunto, o melhor seria consultar um especialista. Professores de educação física adaptada tem o conhecimento para esclarecer suas dúvidas. Você sabe que existe os Jogos de Anões, torneio disputado nos mesmos moldes da Olimpíada. A competição teve início em 1993, nos EUA. Reunia pouco mais de cem atletas. No ano que vem, Paris acolhe a quarta edição e espera mais de 500 anões. Espero ter colaborado. Boa sorte abraço Melina Branco
Participa também o consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo):
   Prezado Frederico! Existem basicamente duas formas de nanismo catalogadas: o genético e o hormonal. O genético pouco se pode fazer para reverter a situação e o hormonal existe tratamento desde que se descubra o problema o mais cedo possível. Esse acompanhamento é feito pelo pediatra através de exames clínicos, medidas corporais e comparativas da idade cronológica com a maturação óssea. Embora existam divergências, a princípio são consideradas anãs as pessoas adultas com altura inferior a 1,35m.
  O maior problema enfrentado pelos anões, além do preconceito, é de viverem em cidade não planeja para eles. Quanto à saúde, geralmente, apresentam problemas de artrose e compressão das vértebras. No mais, são pessoas comuns que podem fazer quase tudo ao alcance. Por conta disso, e lógica, os anões podem e devem fazer atividade física normal evitando-se as de impacto. As mais indicadas são as aeróbias de baixo impacto, as recreativas e os alongamentos. Para mais detalhes acesse: http://www.sentidos.com.br/canais/materia.asp?codpag=7604&codtipo=3&subcat=117&canal=cavenaghi http://www.bebenet.com.br/forum_comentarios.php?tema=G%C3%83%C5%A0MEOS&id=5&idtema=21 .
   O estado que tem maior número de anões praticando atividade física é o Rio de Janeiro, mais especificamente o município de Duque de Caxias. Leonardo Mataruna, aluno de doutoramento da Faculdade de Educação Física (FEF) da Unicamp e um dos editores da obra, Atlas do Esporte, descobriu que o anão mais radical está no Rio Grande do Sul, chama-se Rafael Ribeiro e faz escalada, alpinismo e rafting. Ele tem como objetivo participar dos jogos mundiais de anões, outra competição que até então era totalmente desconhecida no Brasil. Acesse essa notícia completa em: http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/maio2005/ju287pag04.html .
Espero que a resposta atenda .
Um grande abraço Luiz Carlos de Moraes
   

2302. Contra-indicação do polichinelo e do adominal remador - 04/04/2006
Alguns colegas de faculdade afirmam que o 'polichinelo' e 'abdominal remador' estão contra-indicados. Por favor, qual o real problema que esses exercícios podem acarretar ao praticante? Obrigado! José Adriano
Oi José, a Profa.Esp. Melina Branco Barbosa Corrêa(currículo) gentilmente lhe retorna:
   Caro José Adriano, gostaria de saber em que dados se baseiam seus colegas para poder entender esta afirmativa. Não acredito que possa generalizar a contra-indicação. Temos que ter bom senso ao programar nossas aulas e incluir os exercícios adequados a cada objetivo pré-determinado. Não vejo real problema em um exercício específico, vejo sim problema na falta de fundamentação ao utilizar um exercício, o que pode ser prejudicial ao praticante. Espero ter colaborado. abraço. Melina

Participa também o consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo):
   Prezado José Adriano! Imagino que você deva estar se referindo ao chamado abdominal completo e muito utilizado nas forças armadas começando na posição totalmente deitada (decúbito dorsal) e terminando sentado abraçando as duas pernas. Ou então partia-se da posição deitada com as pernas flexionadas, mas, com os pés fixos em algum lugar supondo que isso pudesse aumentar a resistência do abdome. Sabe-se hoje, que na posição deitado de barriga para cima e pernas esticadas (decúbito dorsal longo), o músculo íliopsoas exerce uma função contrária deixando de ser flexor do quadril para ser hiperextensor da lombar. Ou seja, puxa o quadril para trás aumentando a curvatura normal da coluna devido a sua posição anatômica. Se o abdome for fraco, pior ainda. Hoje sabe-se que o abdominal executado dessa forma pode aumentar o esforço na coluna lombar principalmente a partir dos 30° de elevação do tronco. Ou seja, quando a lombar sai do chão. A execução do abdominal, levando-se em consideração a segurança, deve ser feito em decúbito dorsal, mãos entrelaçadas atrás do pescoço protegendo a coluna cervical, com as pernas flexionadas e pés livres elevando o tronco apenas a 30°. A razão dos pés livres é para impedir a ação dos músculos íliopsoas que são flexores do quadril. Os pés quando fixos, o íliopsoas passa a atuar dando a falsa idéia de estar aumentando a intensidade do abdominal. Isso é um fato. Com os pés fixos, estando em decúbito dorsal com pernas flexionadas consegue-se elevar o tronco totalmente. Não significa estar fazendo abdominal. Experimente levantar com os pés livres. Para Lapierre (1987) e Kapandji (2000), os únicos flexores do tronco são os músculos da parede abdominal. Como estes estão localizados anteriormente a coluna vertebral eles mobilizam a coluna para frente sobre a região lombosacra e dorsolombar. Para mais detalhes sobre segurança e ação muscular de toda essa musculatura. Leia também Kendall, McCreary e Provance (1995). Importante. Nessa questão de exercícios corretos ou não, deve-se levar em conta também a justificativa do estar fazendo um exercício dessa ou daquela forma. Por exemplo. Um iatista precisa de um abdome muitíssimo forte para poder ficar horas pendurado no barco o que pode justificar por vezes, na sua preparação, estar fazendo determinados exercícios abdominais “supostamente” errados. Na sua profissão pode ser que alguém da mesma forma justifique determinados exercícios de acordo com a função laboral. Acesse: http://www.noticiasdocorpo.com.br/ano3n035/materia.htm Aqui mesmo no CDOF acesse: http://www.cdof.com.br/consult52.htm.
   Quanto ao polichinelo é um dos mais antigos exercícios e não existe nada que possa provar malefício às articulações. Alguém talvez possa eventualmente tentar justificar malefício calcado em impacto. Entretanto, outras atividades esportivas produzem mais impacto e ninguém questiona tais como: vôlei, basquete e a própria corrida. Espero que a resposta atenda Um grande abraço Luiz Carlos de Moraes

Veja também a participação da Prof.ª Claudia Maria Lima(currículo):
   Olá José Adiano! Na verdade o polichinelo e abdominal podem causar lesões sim, mas isso se não forem executados corretamente. As contra-indicações são para que se tenham mais cuidado com articulações (polichinelo) e coluna (abdominal), pois se não forem executados corretamente certamente trarão consequências. Pessoas com problemas articulares ou sobrepeso não devem praticar o polichinelo por exemplo, do mesmo modo que pessoas com problemas na região lombar não devem realizar alguns tipos de abdominais. Para que isso existe o profissional da área, para orientar na execução correta. Espero ter ajudado, boa sorte!
Leia mais:
"Movimentos Proibidos na Ginástica "

2303. Ginástica Local sem carga - 04/04/2006
Não é uma dúvida na verdade, mas gostaria de saber quais exercícios usar em uma aula de ginástica localizada, ou gap, quando não se tem carga? Quais exercícios eu poderia fazer sem pesos para fortalecer a musculatura? Na academia não tem pesinhos ainda, eu ensino agachamentos, flexão de braços para peitoral e tríceps, mas gostaria de passar mais exercícios. Obrigada! Patrícia
Oi patrícia, vamos ver o que sugere a Profa.Esp. Melina Branco Barbosa Corrêa(currículo) :
    Cara Patrícia, quando não tenho pesos também utilizo os agachamentos e te dou uma dica que aproveito da minha experiência como bailarina. Os exercícios feitos com uma semi-flexão da perna de apoio torna o trabalho mais intenso. Muito cuidado com a postura mas abuse das variações de exercícios neste tipo de apoio. Também tente utilizar o "afundo" sem retorno a extensão total: desce e não sobe tudo, com pernas afastadas, pés voltados pra fora e depois pernas unidas pés voltados para frente. Mais uma vez cuidando muito da postura. Mais uma sugestão é "sustentar o movimento", elevação de perna, braços, tronco(no abdominal) e permanecer na posição 4 ou 8 tempos de forma progressiva. É isso, confio na sua criatividade e no seu bom senso pra tornar sua aula bem eficaz e agradável. boa sorte!!! abraço Melina

Veja também as sugestões da Prof.ª Claudia Maria Lima(currículo):
   Olá Patricia, todos os exercícios que você faz com pesos poderá também fazer sem eles. Faça variações dos movimentos, ex: agachamentos (passo a frente, lateral, traz, combinado com braços etc); corridas em círculos para frente, traz, com agachamento, lateral etc); tríceps utilizando um banco, step ou outro apoio; trabalho em dupla, onde a resistência é o parceiro que coloca (ex: um de frente para o outro e de pé, pés direitos unidos, um forçando a abdução o outro a adução e vise-versa), é só pensar o grupo muscular que deseja trabalhar e adequar para exercícios em dupla, um faz a carga o outro executa. Espero ter ajudado, boas aulas e sucesso!

Participa também o consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo):
    Olá Prof. Patrícia! Dê uma olhada no livro:
- MAZZIOTTI, Danielle – Ginástica Localizada, 1000 exercícios. Editora Sprint Rios de Janeiro R.J.
    Muitos exercícios você podem adaptar com borrachas do tipo dessas usadas na área de saúde para tirar sangue. Elas são vendidas a metro em casas de equipamentos para fisioterapia. A metragem ideal para cada um é 2 metros. Elas são fabricadas em diversas espessuras. Espero que a resposta atenda. Um grande abraço. Luiz Carlos de Moraes

2304. Como criar coreografias - 04/04/2006
Gostaria de saber como iniciar e criar sessões de coreografia para passar para minhas alunas. As vezes, saturo das minhas coreografias. Também gostaria de saber onde conseguir fitas/dvds com coreografias. Abraços e obrigado! Marcelo
Oi Marcelo vamos ver o que sugere a Profa.Esp. Melina Branco Barbosa Corrêa(currículo) :
   Caro Marcelo, para coreografar devemos ter em mente um grande repertório de exercícios, movimentos e passos. Criar a coreografia de acordo com a capacidade do grupo de forma criativa e agradável. Com pequenos desafios intercalados com movimentos fáceis que são feitos com tranqüilidade. Ao passar a coreografia desmembrar cada parte até chegar ao todo o que evita o desgaste. Talvez você nem sature suas coreografias, confie no seu talento. Vou sugerir um video mas se tiver oportunidade tente acompanhar espetáculos de dança, apresentações, tudo que puder te ajudar e ter novas idéias de deslocamentos, distribuição. Você tem aí o Festival de Joinville que é muito bom, tente acompanhar. Vídeo - Aero Dynamics - Marcus Irwin http://www.fitnessbeat.com.br/mostra_produto.asp?produto=46
Acredite no seu trabalho e boa sorte!!! abraço Melina

O consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo) lhe responde:
    Prezado Professor! Imagino que você esteja falando de step. Na minha opinião a melhor forma de você enriquecer suas coreografias é encontrar um tempo para fazer aula com outro professor que você conheça pessoalmente. Não adianta você ir lá na aula dele e ficar olhando. Peça licença a ele a faça a aula. Depois é só, em casa sozinho treinar o que aprendeu e acrescentar novos passos ou, como chamamos “blocos”. Em tempo. Não vejo problema algum um professor fazer aula de outro professor mesmo em outra academia. Eu mesmo faço isso sem nenhum constrangimento. Afinal, somos ou não profissionais? Um ajuda o outro. Quando alguém surge com novidades. Fitas e/ou cd/dvds você só encontra em congressos de Educação Física. Espero que a resposta atenda Um grande abraço Luiz Carlos de Moraes

2305. % de gordura aumentado mesmo praticando exercícios- 04/04/2006
Faço atividades físicas há 05 anos. De um ano prá cá meu % de gordura tem aumentado, mas minha circunferência abdominal reduziu 10cm ! Como isso é possível, mesmo com o plicômetro marcando aumento de %? Hipóteses: gosto de fazer abdominais, adoro chocolate(como todos os dias), meu nível de estresse aumentou consideravelmente de 6 meses prá cá e minha FC do spinning sempre é muito alta, sem forçar. Como vocês explicam isso? Vanelli
Oi Vanelli, vamos ver o que o Prof. Humberto José Gomes da Silva(currículo) nos traz:
   Inicialmente o % de gordura não quer dizer muita coisa, procure verificar se o protocolo é o mesmo, existem erros intra e inter-avaliador, ou seja, é uma variável muito sujeita a alterações, procure verificar os valores absolutos em mm, e faça uma topografia da distribuição do seu corpo. Quanto a sua FC, pode ser que você esteja em overtraining (supertreinamento), converse com os profissionais da sua academia.

2306. Profissional de Educação Física pode realizar o teste de esforço?- 04/04/2006
Sou estudante de Educação Física e participei de um debate no clube onde trabalho e surgiu a seguinte questão, onde inclusive profissionais atuantes da área não chegaram a um consenso comum. O Profissional de Educação Física pode realizar o teste de esforço? Máximo ou submáximo? Ou só o médico está habilitado para tal ? Obrigado pela atenção. Roberto Rodrigues
Oi Roberto, quem esclarece a dúvida é o Prof. Humberto José Gomes da Silva(currículo) :
   O Profissional de Educação física tem plenas condições de realizar o teste máximo ou submáximo, voê só não especificou que teste de esforço você quer saber, presumo que seja de estimativa do VO2 max, pode sim desde que tenha conhecimento sobre o protocolo e disponha de material de primeiros socorros, mas a presença de um médico se faz necessária; agora lhe pergunto os resultados obtidos no teste máximo se comparado com o submáximo são bastante semelhantes, então para quê aplicar o máximo?

2307. Métodos de aferição do VO2 mais aceitos atualmente - 04/04/2006
Gostaria de saber quais os métodos de aferição do VO2max indiretos mais aceitos atualmente. Grato. Rafael Sardá da Silva
Oi Rafael, quem esclarece a dúvida é o Prof. Humberto José Gomes da Silva(currículo) :
    O mais correto seria estimativa de VO2 e não aferição, Protocolo de Astrand (cicloergômetro), teste da milha (1600m), todos tem boa confiabilidade e reprodutibilidade.

2308. Atacante destro assumindo posição do canhoto no futebol- 04/04/2006
EU SOU ATACANTE DE PONTA(DIREITO) NO MEU TIME E ESTÃO PRECISANDO DE UM OPOSTO (SÓ TEM UM CANHOTO). EU QUERIA SABER SE DÁ PARA EU JOGAR DE OPOSTO SENDO DESTRO, E O QUE DEVO FAZER PARA CONSEGUIR ISSO. Marcos
Oi Marcos, quem lhe esclarece as dúvidas é o consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo):
   Bem Marcos, a sua preocupação é importante mas acredito que quanto mais experiencias diferentes você tiver, melhor . É muito comum o jogador atuar em diferentes posições, conforme a necessidade, e quanto mais acostumado você estiver a isso, melhor deverá ser seu desempenho. Abraço.

2309. Especialização em preparação física no futebol- 04/04/2006
Sou estudante universitário de Educaçâo Fisica, e tenho o objetivo de me especializar na área de preparaçâo fisica para atletas de equipes de futebol e no futuro trabalhar em um grande clube. Pergunto, quais os cursos mais indicados para tal e como estou no segundo ano, se já é o momento de começar estes curos. Desde já agradeço as suas orientaçôes. Guilherme Augusto Vedan
Oi Guilherme, o consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) lhe retorna:
   Olá Guilherme, não há um prazo específico para você realizar cursos. Cada pessoa tem seu tempo de aprendizado. Se você sente necessidade deve fazer sim. Procure os cursos mais perto de Curitiba, que inclusive tem muitos profissionais bons na área e escolha temas de seu interesse. Seria interessante após se formar realizar um curso de especialização em treinamento desportivo, ou fisiologia do exercicio e etc. Boa sorte.
Leia mais:
Cursos de arbitragem de futebol
Como se tornar um massagista desportivo
Cursos de arbitragem
Cursos para aperfeiçoar para trabalhar com o futebol
Qual a melhor faculdade para quem quer entrar na área do futebol
Cursos de pós-graduação em futebol

2310. Treino de futsal para categoria mirim- 04/04/2006
Gostaria de informações sobre treino de futsal para categoria mirim, que tipo de preparação física é mais adequada. Lucas
Oi Lucas, apesar de não passarmos treinamento via internet, nosso caro consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) lhe retorna dicas:
   Bem Lucas, acredito que seja uma fase para dar ênfase a velocidade, a coordenação e principalmente as situações de tomada de decisão nas situações de jogo. A força e a reistência poderão ser desenvolvidas mais adiante, com o tempo.

2311. Treino de futsal em crianças entre os 7 e 12 anos- 04/04/2006
Estou a tentar reunir o máximo de informações sobre o treino de futsal em crianças entre os 7 e 12 anos . Como ensinar futsal? Que tipo de preparação?, etc... Toda a informação que me pudesse dar era essencial para o meu trabalho. Muito obrigado. Daniela
Olá Daniela, apesar de não passarmos preparação via internet, nosso caro consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) :
    Olá Daniela, seria interesante você dar uma olhada em artigos científicos na Revista Efdeportes e na treinamento desportivo. Já encontrei algum material por lá. De uma olhada também no site www.pedagogiadofutsal.com.br . Espero ter ajudado.

2312. Treinando correr 12 minutos para concurso- 04/04/2006
Treino corrida de 3 a 5 dias por semana, intercalando caminhos longos e velocidade moderada com circuitos curtos e velocidade maior. Preciso adaptar-me a correr 3.000 em 12 minutos para passar em um concurso público. Como devo proceder quanto ao meu treinamento? Fábio Rogério Santos de Oliveira
Oi Fábio, vamos ver o que lhe aconselha o consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) :
   Bem Fábio, esse concurso é bastante exigente. Voce já sabe o quanto tem que correr e em quanto tempo (3000m em 12 min). Trabalhe dentro dessa distancia de 3000 m e divida ela em 3 x de 1000, 4 x de 800 e etc. Calcule o tempo que você precisa fazer por ex: 3000/12 = 1000m em 4 min. Faça os tiros de 1000 um pouco abaixo, 3:50 por exemplo, e de um intervalo para descansar. Faça assim com as outras distãncias e terá um resultado melhor do que correndo por horas sem intervalo.

Veja a participação também do consultor Prof. Msdo. Mauriti Marcos Cardoso Junior(currículo) :
   Fábio pelo o que você relata, você possui um bom condicionamento físico, portanto não deve ser difícil atingir este objetivo. O importante é você. procurar atender ao máximo a especificidade da prova que irás realizar, bem como se possível os fatores ambientais e externos, exemplo: Procure se preparar fisicamente em pista e não utilizando esteiras e bikes pelo fato da especificidade do gesto motor, fatores ambientais e externos podemos destacar: o horário da prova, se possível no mesmo local da prova ou seja, mesma pista. Procure também adequar sua alimentação, neste caso ajuda de um(a) nutricionista é de grande valia. Boa Sorte!

Veja também a opinião da consultora Profa. Renata Paulino Pinto (currículo):
    o ideal é que você comece a adaptar-se a correr os 3km e marque o tempo em que esta executando o percurso. Aconselho tbem que você não faça trabalho intervalados, já que teu objetivo são os 3km em doze minutos. Trabalhe com tempo e não com distäncia, tentando diminuí-lo conforme haja adaptações cardiovasculares. Cuidado não tente diminuir seu tempo de um dia para o outro subtamente. Tenha um bom treino!

2313. Sistemas de energia predominantes nos esportes - 04/04/2006
Quais as reservas de energia predominantemente utilizadas no exercício? Do volei, basquete e handebol? Patricia Israel
Oi Patrícia, vamos ver o retorno do consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) :
   Esses esportes têm um componente aeróbio considerável em função do tempo de duração, porém as ações de jogo (salto, arremesso, ataque etc) sâo caracterizadas pelo sistema ATP-CP ou via dos fosfagënios. Como as ações curtas e de alta intensidade ocorrem com intervalos variados, eles nem sempre sâo suficientes para total recuperação do atleta, levando à uma utilização do metabolismo aeróbio para a recuperação. Abraço.

Veja a participação também do consultor Prof. Msdo. Mauriti Marcos Cardoso Junior(currículo) :
   Patrícia, as reservas de energia predominante nestes e em qualquer outro esportes ou atividades físicas é o carboidrato. As fontes energéticas predominantes no vôlei, basquete e handebol são:
Sistema ATP-CP e o sistema Glicolítico, isto se deve ao fato da duração dos "ralís" de jogo. SISTEMA ATP-CP: Este é o sistema energético mais simples. Além da ATP, as células possuem uma outra molécula de fosfato de alta energia que armazena energia. A creatina fosfato ou CP (fosfocreatina). Para forma a ATP o organismo necessita degradar a creatina para em seguida formar a ATP. Como isso ocorre? A creatina é degrada, quebrada por uma enzima chamada creatina quinase (CK), esta degradação libera um íon, um fosfato inorgânico, que se ligará a uma molécula de ADP adenosina mais dois fosfato, esta união de um fosfato da creatina mais dois fosfato do ADP formão a ATP, adenosina mais três fosfatos. A capacida para manter as concentrações de ATP com a energia derivada da creatina fosfato é limitada, 3 a 15 segundos durante uma corrida de curta duração e esforço máximo. Além desse ponto os músculos passam a depender de outros fatores, processos para a formação de energia, ATP: O sistema Glicolítico.

SISTEMA GLICOLÍTICO: Este sistema envolve a liberação de energia apartir da degradação "quebra" da glicose. Esta degradação da glicose chama-se: glicolise, este processo ocorre por meio de enzimas especiais, enzimas glicolíticas. A glicose representa aproximadamente 99% de todos os açúcares circulantes no sangue. A glicose sanguínea é originária da digestão de carboidratos e da degradação do glicogênio hepático. O glicocênio se origina a partir da glicose por meio de um processo chamado de glicogênese que é a transformação da glicose em glicogênio. O glicogênio é armazenado no fígado ou músculo até que seja solicitado. Quando isto ocorre o glicogênio é quebrado em glicose-1-fosfato através do processo da glicogenólise que é a reconversão do glicogênio em glicose. Neste momento a glicose-1-fosfato é transformada em glicose-6-fosfato. A glicólise que é a degradação da glicose começa quando a glicose-6-fosfato é formada. A glicólise (quebra da glicose) em última instância produz ácido pirúvico. Este ácido pirúvico é convertido em ácido láctico. Este processo da glicólise exige 12 reações enzimáticas e vale apena lembra que isto ocorre no interior do citoplasma celular.

Veja também o que acrescenta a consultora Profa. Renata Paulino Pinto (currículo):
- Carboidratos - são armazenados como glicogenio nos musculos e no fígado, os carboidratos utilizados como substrato durante os exercícios de baixa intensidade são originados dos estoques musculares, porem são exercícios mais longos, enquanto nos exercícios de alta intensidade usa-se o glicogenio originado no fígado.
- Gorduras - para serem metabolizadas é necessario que elas sejam degradadas em ácidos graxos livres e glicerol. Quando os triglicerídios são quebrados as acidos graxos livres são convertidos em acetil COA e entram no ciclo de Krebs. Os estoques de gordura são utilizados como fonte de combustível e variam em função da inensidade e duração do exercício. A medida que a duração do exercício aumenta, ha um aumento progressivo no papel dos acidos graxos livres como fonte de substrato.
- Proteínas - são degradados em aminoácidos, esses são fornecidos ao musculo a partir do sangue, seu papel como substrato durante o exercício é pequeno e depende principalmente da disponibilidade de aminoáciods na cadeia ramificada. Em exercícios prolongados sua utilização não ultrapassa a 18% nos minutos finais.

2314. Musculação atrapalha a impulsão no voleibol ?- 04/04/2006
Joguei volei durante 9 anos e tenho uma boa impulsão. Faço musculação para hipertrofia e quero saber se posso voltar a jogar e se a musculação não irá atrapalhar, pois, acho que eu deveria começar a treinar força explosiva e não hipertrofia? Agradeço e espero ancioso a sua resposta; Um abraço! Fabiano Dornas
Oi Fabiano, o consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) aconselha:
    Bem Fabiano, o salto se caracteriza pela potëncia. A potência é formada por 2 componentes de força e velocidade. Se você aumentou a força a tendência é que aumente a potëncia, porém nem sempre o movimento na academia se assemelha ao movimento do jogo. Volte a treinar na quadra que aos poucos irá melhorar sua condição.

Veja a participação também do consultor Prof. Msdo. Mauriti Marcos Cardoso Junior(currículo) :
   Fabiano, o fato de você realizar musculação com o objetivo de hipertrofia não irá prejudicar o seu desempenho no vôlei. Temos que levar em consideração que o tecido muscular é um tecido ativo que gera energia, potência muscular, e todas as modalidades esportivas que tem por objetivo rendimento possui na sua periodização a prática do treinamento resistido com pesos (musculação).Você pode e até deve realizar um trabalho para potência muscular dentro de uma periodização em seus treinamentos na musculação, a periodização deste treinamento, ora visando aprimorar: força explosiva, potência, resistência muscular localizada, hipertrofia entre outras qualidades físicas, vai depender dos seus objetivos no voleibol, bem como do calendário de possíveis competições se este for o caso.

Veja também o que acrescenta a consultora Profa. Renata Paulino Pinto (currículo):
    Claro que você pode voltar a jogar. Mas lembre-se a falta de treino e o passar dos anos são fatores limitantes em sua performace. Lógico que uma grande massa muscular dificultará ainda mais sua impulsão, mas ao mesmo tempo você tem força muscular. Lembre-se no treinamento temos o que chamamos de especificidade do treinamento, isso significa que, se você quer jogar volei o ideal é que você treine o volei.

2315. A importância da frequência cardíaca para haver queima calórica - 04/04/2006
Com o objetivo de perda e manutenção de peso, gostaria de saber a real importância da Frequência Cardíaca para queima calórica? Vamos supor que uma pessoa desloca-se em uma velocidade de 8k/h durante 30min e com F.C. média de 170bps. A mesma pessoa depois de alguns meses percorre o mesmo trajeto, a mesma distância e a mesma velocidade, porém, a F.C. abaixa para 150bps devido à melhora do seu condicionamento. A questão é a seguinte: para manter o mesmo gasto calórico da primeira situação devo aumentar a intensidade do exercício para que a F.C. aumente até chegar aos mesmos 170bps.? Sandro Bonini
Oi Sandro, o consultor Prof. Esp. Daniel Medeiros Alves(currículo) esclarece:
    Bem Sandro, a sua afirmação procede. Porém, há que se levar em conta que quando ao mesmo tempo que sua condição física tiver melhorado, provavelmente você já terá emagrecido, fazendo com que a necessidade de "queimar calorias" diminua também.

Veja a participação também do consultor Prof. Msdo. Mauriti Marcos Cardoso Junior(currículo) :
   Sandro, sua lógica está certa. A realização do exercício constitui um estresse fisiológico para o organismo em função do grande aumento da demanda energética em relação ao repouso, o que provoca grande liberação de calor e intensa modificação do ambiente químico muscular e sistêmico. Conseqüentemente, a exposição regular ao exercício ao longo do tempo (treinamento físico) promove um conjunto de adaptações morfológicas e funcionais que conferem maior capacidade ao organismo para responder ao estresse do exercício. Desta forma, após essas adaptações, um exercício de mesma intensidade absoluta (mesma velocidade e duração, por exemplo), provocaria menores efeitos após um período de treinamento. Deste modo é importante aumentar a intensidade do exercício e conseqüentemente freqüência cardíaca e dispêndio calórico.

Veja também o que acrescenta a consultora Profa. Renata Paulino Pinto (currículo):
   Primeiramente, o que levou você a trabalhar com 170bpm. Vamos a teoria; Para que o organismo gaste gordura é necessário uma integração entre duração e intensidade, isso significa trabalhar entre 65 a 85% FCmax. Exercícios de pouca duração e alta intensidade são ótimos para a melhora do condicionamento, porém para a perda de peso é necessário que a duração do exercício seja maior, onde se utilizará como substrato os acidos graxos, consequentemente quanto maior a duração maior a utilização destes como substrato. Uma dica pra você, mantenha a frequência mais baixa (65 a 85% da frequencia maxima), aumente o tempo a distancia para que se fique mais tempo no exercício, lembre-se frequência cardíaca máxima e frequência cardíaca de repouso são essenciais para determinar o percentual desejado de treinamento.

2316. Curso de Ballnes no nordeste - 04/04/2006
Gostaria de saber onde tem curso de Ballness no nordeste do Brasil, pois estou querendo fazer, mas não consegui achar nenhum. Obrigada pela atenção. Aguardo respostas! Thais
Oi Thais, vamos ver o que lhe sugere a Profa.Esp. Melina Branco Barbosa Corrêa(currículo) :
   Cara Thais, encontrei este contato em São Paulo para o curso de Balness, talvez através deste e-mail consiga saber sugestões programando algo para o Nordeste. Balness (Curso de 8 Horas – sexta e sábado) Inélia Garcia – CREF 002452 BSB Fitness Eventos: (61) 3032-1745 e (61) 3032-1750 / E-mail: bsbfitness@gmail.com . Te passo os eventos do primeiro semestre no Nordeste. São vários cursos mas não sei se inclui o Ballness, vale a pena entrar em contato. Segue abaixo os eventos e os contatos. 6 a 9 de Julho de 2006 18* PHYSICAL MEETING DE RECIFE betaobs@terra.com.br 25 a 28 de Maio de 2006 BAHIA FITNESS paulao@rezendesports.com.br , www. rezendesports.com.br 20 a 23 de Abril de 2006 1* PHYSICAL MEETING DE NATAL FITNESS E NUTRIÇÃO SEST / SENAT - NATAL/RN betaobs@terra.com.br Boa sorte!!!
Abraço. Melina

O consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo) participa também:
    Olá Prof. Thais! Fique de olho nos congressos e encontros de Educação Física e/ou de Fisioterapia onde esses cursos são ministrados. Espero que a resposta atenda. Um grande abraço. Luiz Carlos de Moraes

2317. Como acompanhar bem os passos no step ?- 04/04/2006
Existe um manual básico com os passos do step ? Tentei acompanhar a aula, mas desisti. Minha coordenaçao motora é muito ruim. Fico constrangida. Eliane
Oi Eliane, nossa consultora Profa.Esp. Melina Branco Barbosa Corrêa(currículo) lhe traz o seguinte:
   Eliane, existem alguns livros e também um DVD . Na realidade eles são para profissionais da área e não sei se podem te ajudar. Eu aconselharia você a insistir se só o constrangimento te impede de prosseguir. Se apesar da dificuldade você gostou desta atividade, siga em frente sem tanta cobrança e com o tempo vai se tornando mais fácil.
- AMANTÉA, Maurício Step Force - A Verdadeira aula de Step . 1 edicão. 120 páginas. Fontoura. Jundiaí, 2003.
- Malta, Paulo. Step Aeróbico e Localizado: Editora sprint - 2ª edicão. 170 páginas. Rio de Janeiro, 1998.
- Vídeo STEP Celebration , programa desenvolvido pela professora Cida Conti, uma das maiores expressões do step mundial. http://www.fitnessbeat.com.br/mostra_produto.asp?produto=186 . Boa sorte!!!! abraço Melina

O consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo) lhe responde:
   Prezada Eliane! O mais fácil é você tentar fazer a aula porque sem orientação sozinha em casa é pior ainda. Procure saber se na academia onde você “malha” tem aulas para iniciantes. Se não tiver converse com o coordenador da academia. Na certa você não é a única com essa dificuldade. Espero que a resposta atenda.
Um grande abraço Luiz Carlos de Moraes.

Veja também o ponto de vista da Prof.ª Claudia Maria Lima(currículo):
   Olá Eliane, em primeiro lugar parabéns por ter tentando fazer aulas de step, pois é uma aula dinâmica e dependendo da intensidade seus ganhos serão visíveis em curto espaço de tempo. Mas devo dizer que você não é a única a sentir esse tipo de dificuldade. E por essa razão o professor deve estar preparado para atender e auxiliar o aluno em sua iniciação. Ninguém nasce sabendo, muito menos com coordenação desenvolvida, isso se adiquire com o tempo e com o treino, não desista! Tente mais um pouco! Você pode conseguir video-aulas de step e o próprio step com regulagem para duas alturas em: lindsay_ibz@osite.com.br tel/fax 55 (11) 5546 0911 celular 55 (11) 9928 2008.
   Os cuidados que você deve ter na prática do step é: Usar um tênis de boa qualidade para evitar lesões nas articulações; amortecer na decida e saber como subir no step (pisar no meio); se for utilizar movimentos de flexão de joelho manter um ângulo de 90°; o mesmo para agachamentos. Inicie com passos básicos sem movimentos de braços, depois (quando estiver mais familiarizada com os movimentos), coloque movimentos de braços. Alonge-se, aqueça-se, faça as séries de exercícios (coreografádos ou não se fizer sozinha), depois, volte a calma, relaxe e sucesso! Espero ter ajudado, um abraço!
Sugerimos também:
Step, aprendendo a ensinar - Prof. Kenji Takahashi - Canal 4

2318.Que tipo de exercício aumenta o quadril? - 05/04/2006
Li uma reportagem na intenet sobre uma menina que tinha o quadril muito estreito e fez fisioterapia e aumentou 5 cm. Que tipo de exercício aumenta o quadril? Por favor, agradeceria se respondessem. Luciana
Oi Luciana, vamos ver o que nos retornou a consultora Mirna Souza dos Anjos(currículo):
   Oi Luciana, sou fisioterapeuta, tenho pós-graduação nesta área e nunca ouvi falar disso. O que podemos fazer é através de alguns exercícios durante o trabalho de parto, favorecer a abertura pélvica, que já acontece por ação hormonal (relaxina) que atua relaxando ligamento, tendão e musculatura lisa, e permitindo que os ossos da pelve possam se afastar um pouco durante o trabalho de parto e permitir a expulsão do feto/saída do bebê. Atenciosamente, Mirna Anjos.

Leia mais:
Atividades para diminuir culotes

2319. Recreação voltada para o grupo da Melhor Idade - 05/04/2006
Sou acadêmica do curso de Turismo e Hotelaria das Faculdades Pitágoras de Montes Claros, estou cursando o 8º período, e minha monografia tem como tema a Importância da Recreação voltada para o grupo da Melhor Idade do Sesc de Montes Claros, que no caso é a minha cidade. E estava precisando falar mais sobre recreação, e recreação e turismo, pois o material que possuo é muito pouco. Se o senhor poder me ajudar com essas informações, ficarei muito grata. Obrigada. Polyana
Oi Polyana, recebemos a participação do consultor Prof. Msd. Espdo. Márcio Tonelli Bernardes (currículo):
    Olá polyana! Para o tema de sua monografia existem livros que falam de recreação para terceira idade e tem uma literatura fácil:
- LORDA, C. Raúl; SANCHES - Recreação na Terceira Idade. Rio de Janeiro, ed. SPRINT, 1995.
- GEIS, Pilar Pont; RUBÍ, Maika Carroggio.Terceira Idade: Atividades criativas e recursos práticos. 1ª ed. Porto Alegre: Artmed Editora, 2003.
veja o que o consultor Prof. Volney Paulo Guaranha®(currículo) que lhe traz:
   Olá Polyana, existe alguma literatura sobre a recreação para melhor idade especifica, mas você também pode abordar as mudanças fisiológicas que a recreação causa no organismo deste publico, talvez uma dica importante para acrescentar em sua monografia.
Referencias Bibliográficas:
- LORDA, C. Raul. Recreação na Terceira Idade. Ed Sprint. MEIRELLES, Morgana E. a.
- Atividade Física na Terceira Idade. Ed. Sprint Abs Prof. Volney Paulo Guaranha ®

Veja também a sugestão do consultor Prof. Msdo. Ivan Eduardo de Abreu Arruda(currículo):
   Sugiro algumas bibliografias:
-Lazer e Recreação para o Turismo - Marcos Larizzatti - Ed. Sprint
-Recreação na Terceira Idade - Raul Lorda - Ed. Sprint
-Turismo: atividades para recreação e lazer - Robson Mian - Ed. Textonovo

2320. Atividades recreativas para o dia das mães - 05/04/2006
Gostaria de saber algumas sugestões de atividades recreativas para serem realizadas pelas mães de meus alunos, em comemoração a Festa do Dia das Mães. A festa será destinada para as mães dos alunos do maternal até a 4º série. Por favor, você pode me ajudar? Obrigada! Aguardo resposta! Aline
Oi aline, o consultor Prof. Msd. Espdo. Márcio Tonelli Bernardes (currículo) lhe retorna:
   Para comemoração de festas de dia das mães você pode usar atividades envolvendo mãe e filho(a) (matroginástica) é sempre interessante utilizar atividades que estimulam o contato entre eles, pois algumas mães trabalham o dia inteiro e passam a maior parte do tempo longe dos filhos e seria interessante que você proporcione momentos onde mãe e criança brinquem juntos. Sugestão de livro:
- CAVALLARI, Vinicius Ricardo; ZACHARIAS, Vany. Trabalhando com Recreação. 5ª Ed. São Paulo: Ícone, 2001.
- BROTTO, Fábio - Jogos cooperativos: se o importante é competir o fundamental é cooperar, Santos, 1997, ed. Projeto cooperação.
   
Leia mais:
Dinâmicas e atividades para serem usadas com idosos
Recreação e dinâmicas para terceira idade

2321. yoga durante a gravidez - 05/04/2006
Gostaria de saber se é aconselhável praticar yoga durante toda a gravidez. Vera
Oi Vera, nosso novo consultor Jocemar Álvaro Balthazar da Silva (currículo) lhe retorna:
   Olá Vera, desde que sua gravidez esteja sendo normal, me refiro saudável e sem complicações, o yoga irá ajudar e muito principalmente pelas práticas respiratórias que são executadas em aula e isso irá te ajudar e muito na hora do parto, mas sua prática é aconselhável a partir do terceiro mês.

2322. Profissional de educação física atuando no yoga- 05/04/2006
Meu nome é Pollyana, sou estudante do segundo ano de educação física, penso em me formar e atuar na area de yoga mas me parece que o mercado de trabalho é um poco complicado para esse tipo de modalidade (em minha cidade não existe nada em relação ao yoga). Gostaria de saber onde o campo de trabalho é bom para essa prática. Aguardo respostas. abraço.
Oi Pollyana, veja a opinião do consultor Jocemar Álvaro Balthazar da Silva (currículo) :
    Olá Pollyana, sou acadêmico de educação física e professor de yoga há treze anos em minha cidade, quanto a você buscar uma formação em yoga é ótimo por que isso lhe dará uma visão mais holística de anatomia e fisiologia e é um grande diferencial. Quanto a sua cidade faça uma pesquisa de campo, saber quais academias gostariam de oferecer essa modalidade e se será compensatória para você dar aulas nestes espaços, senão o melhor será você mudar-se para algum grande centro. Mesmo assim, acredito se melhor você pensar em ter um espaço seu. Pois, o público que busca essa prática é um público mais seleto e que não tem muito a ver com quem vai a uma academia malhar por estética. Um abraço.

2323. Grávida, exercitando e ainda engordando muito- 05/04/2006
Estou 25ª semana de gestação e engordei 11Kg, estou apavorada porque controlo a minha refeição, hoje como menos do que comia antes de engravidar, não consigo entender! Hoje estou praticando hidroginástica três vezes por semana, comecei há um mês e nesse mês em vez de emagrecer engordei 4KG, posso ter criado massa muscular nesse período, por esse motivo engordei tanto? Agora estou começando a caminhar na esteira, estou desesperada, não sei o que fazer, não entendo como engordei tanto nesse mês! Me ajudem por favor! Aline Helena
Oi Aline, veja o que lhe retorna a Profa. Cláudia Melem (currículo) :
   Eu acho melhor você procurar seu ginecologista, pois pode ser alguma disfunção hormonal ou até uma diabete gravídica que tem feito seu peso alterar tanto, mas também pode ser massa muscular, ou retenção liquida ou até mesmo a sua alimentação estar menor mas errada. O ideal é você falar abertamente com seu médico e ele te orientar melhor e de forma mais segura.

Veja também a participação da Nutricionista Nut. Ms. Letícia Azen Alves (currículo) :
    Realmente, o ganho de peso apresentado até o momento está muito acima do esperado, tendo em vista que recomenda-se que a gestante ganhe 12kg ao final da gestação. Entretanto, como você já está no terço final, não é recomendado a realização de uma dieta restritiva nesta fase, pois poderá prejudicar o feto, mas para que você não continue ganhando tanto peso, sugiro que você procure um Nutricionista para que os excessos sejam eliminados. Como a gestação é considerada um estado fisiológico muito delicado, você não deve se satisfazer com simples orientações nutricionais, ou seja, procure por um planejamento alimentar personalizado.

Leia mais:
O que fazer para não engordar muito na gravidez?

2324. Grávida e preparando para concurso (prova física)- 05/04/2006
Iniciei a musculação para me preparar para o teste físico do concurso da polícia civil ao qual passei e já havia praticado duas semanas (exercícios de adaptação) quando eu descobri que estava grávida. Parei imediatamente assim que descobri. Gostaria de saber o que eu faço, pois preciso treinar devido este concurso também ser importante. Os exercícios do concurso serão realizados em um só dia e serão: equilíbrio (caminhar em uma barra, descalça, de 4m), abdominal (20 no mínimo em 1 minuto), barra (sentido pronação segura no mínimo 11 segundos), salto na areia (no mínimo 1,50cm) e por final 12 minutos de Cooper (1.400m). No dia da prova estarei com 17/18 semanas de gravidez. O que eu devo fazer para manter meu condicionamento físico e conseguir realizar a prova sem colocar a vida do bebê em risco? Gostaria de saber a opinião de vocês. Jannaína Paula
Oi Jannaína, vamos ver a opinião da consultora Profa. Cláudia Melem (currículo) :
   Na minha opinião, eu acho um pouco arriscado você fazer essas provas, o equilíbrio estará alterado e você pode cair da trave, o salto na areia te causará bastante impacto, principalmente na região lombar, o teste de cooper é muito forte para a sua época gestacional pode provocar sangramento e a barra pode te causar problemas articulares, pois na gravidez todas as articulações estão mais frouxas e susceptíveis à lesões. Além disso, o ideal seria começar a fazer treinos após a 12ª semana gestacional quando o óvulo já está fixado na parede do endométrio e o risco de aborto já é minimizado. O ideal e mais aconselhado é seu ginecologista te dar o aval e autorizá-la, pois realmente é bem arriscado. Boa sorte.

2325. Musculação na gravidez e a redução da carga- 05/04/2006
As explicações para grávidas que fazem musculação 3 vezes por semana e exercícios aeróbios 6 vezes há mais de 3 anos deixa dúvidas no que diz respeito à carga , ou seja, como já sou acostumada devo diminuir quanto? 20%, 30% ou ainda uns 60%? Soraia Giella Palmieri Spigolon Giroto
Oi Magna, veja o retorno da Profa. Cláudia Melem (currículo) :
    Vai depender da sua gestação e de como o seu organismo está durante esse periodo, mesmo fazendo musculação há tanto tempo, o seu organismo durante a gravidez reage de forma diferente, pois você produz hormônios diferentes, deixa de produzir alguns, suas articulações estão mais frouxas que o normal e consequentemente mais susceptíiveis à lesões, por isso a diminuição da carga, não acho necessário diminuir 60% mas diminuir um pouco no inicio da gestação sempre é aconselhavel... Boa Sorte.
Leia mais:
Ex-praticante de musculação quer retornar ao exercício durante a gravidez
Posso continuar a musculação durante a gravidez?

2326. Normas de uso da sala e dos equipamentos de ginástica- 05/04/2006
Gostaria de receber instruções de como fazer o regulamento para uma sala de ginástica para prédio residencial. Restrições, uso adequado, manutenção, higiene, normas, idade mínima-máxima para uso dos equipamentos, exame médico, etc . Marina
Oi marina, veja a sugestão do consultor Prof. Luiz Carlos de Moraes (currículo) :
    Prezada Marina! As normas de uso da sala e dos equipamentos de ginástica são as mesmas aplicadas em academia e regido pelo CONFEF. No caso, incluindo e adaptando-se às normas do condomínio. Não se esqueça que a responsabilidade da prática de exercícios físicos na sala de ginástica é, no caso, sua. Logo, você deverá em comum acordo com os moradores, determinar os horários de funcionamento com a presença de profissional de Educação Física. Se alguém pegar a chave e ir lá fazer ginástica sozinho e morrer lá dentro, com certeza vai sobrar para o síndico e o profissional responsável pela sala. Espero que a resposta atenda. Um grande abraço Luiz Carlos de Moraes

Veja também a participação da Prof.ª Claudia Maria Lima(currículo):
   Ola Marina, pelo que pude perceber você já sabe o que é importante basta colocar em prática, confie no seu conhecimento e ponha isso no papel. Prepare o que precisa por etapas. Horário de funcionamento (levando em consideração que é um prédio residencial), Restrições (idade, restrições médicas, falta de acompanhamento de profissional qualificado, ser morador, visitante etc.); Uso adequado (isso só um profissional pode passar para o usuário); Manutenção (cuidados que devem ser tomados na utilização como, soltar o aparelho sem que ele chegue no seu descanço; não prender corretamente etc); Higiene (uso de toalhas e luvas podem ajudar, além de orientações); Idade mínima e Máxima (mínima vai depender do desenvolvimento da crianças e do bom senso do profissional, mas não devem realizar exercícios sem acompanhamento. Máximo leva-se em consideração as posíveis restrições médicas e também o condicionamento do usuário). Um fato importante que não deve jamais ser esquecido é a importância de uma avaliação física. E se possível um livro que conste dia, hora e nome do usuário que está utilizando. Bem, espero ter ajudado, boa sorte!

 

|::::  Cooperativa do Fitness - Todos os direitos reservados - BH - MG - Na internet desde 05/12/1999 ::::|